Transição capilar: passo a passo para iniciantes

Transição capilar: passo a passo para iniciantes

O processo de transição capilar pode ser um período delicado, que mexe com a autoestima de muitas pessoas e ressalta questões identitárias. Apesar de ter se popularizado nos últimos anos, ainda pode gerar dúvidas.. 

A transição capilar consiste em interromper todos os processos químicos que alteram a estrutura dos fios, como alisamentos e relaxamentos. O objetivo é retomar a forma natural dos cabelos. 

Atenção: o uso excessivo de fontes térmicas como chapinha e secador também pode alterar a estrutura do cabelo, já que o calor sem proteção térmica desnatura a queratina dos fios. Por isso, quem faz uso diário dessas ferramentas também pode iniciar a transição capilar e recuperar a forma natural do cabelo. 

Motivos para fazer transição capilar

São muitos os motivos que levam as pessoas a embarcar nessa jornada. Apesar de terem razões e vivências diferentes, todas, porém, passam pelo mesmo processo de transição capilar. 

Os principais motivos para essa escolha são:

Saúde dos fios

Procedimentos químicos podem prejudicar muito a saúde dos fios. O uso excessivo e descuidado de alisamentos (progressivas, escovas inteligentes, relaxamento) pode, além de ressecar os fios, enfraquecer a fibra capilar, tornando o cabelo poroso e elástico. Agressões mais drásticas chegam a causar corte químico ou mesmo queimaduras no couro cabeludo. 

Nesse caso, o ideal é interromper os processos, visando recuperar o cabelo. É nesse momento que muitas pessoas decidem buscar alternativas que não causem danos aos fios e se reconciliar com sua estrutura natural.

Autoestima e aceitação

A pressão estética pode fazer muitas pessoas acreditarem que o cabelo liso é a única maneira de se sentir bem. Recorrer a alisamentos químicos, em muitos casos, é uma forma de buscar aceitação e autoestima. A transição capilar, no entanto, pode ser a saída para encontrar o bem estar e a aceitação pessoal. 

Reconhecimento identitário e empoderamento

Para negros, principalmente, a transição capilar é uma das maneiras de relembrar as origens e se empoderar. Alisamentos químicos compulsórios podem levar a um apagamento da identidade, e a retomada do cabelo natural pode ajudar a olhar com orgulho para o cabelo. 

Entender que o cabelo ondulado, cacheado e crespo também é lindo é mais do que apenas uma questão de estética. Para muitos, o cabelo é um símbolo de ancestralidade e força e a transição capilar, uma maneira de fazer as pazes com a história de vida de cada um.

Como passar pela transição capilar?

São, geralmente, quatro as etapas do processo de transição capilar – e ela começa bem antes do primeiro corte. Descubra, a seguir, em que momento dessa escolha você está.

Decisão

O primeiro passo é também o mais importante! Decidir passar pela transição capilar é o que vai manter a motivação durante todo o processo. Se possível, anote seus motivos e os mantenha à vista. Assim, em momentos de fragilidade de autoestima, é possível lembrar que a recompensa valerá a pena. 

Big Chop

O big chop nada mais é do que um grande corte, que vai eliminar de uma vez por todas a química do cabelo. Essa etapa não é obrigatória, já que algumas pessoas preferem não abrir mão do comprimento, mas pode ser bem prática para quem deseja se ver livre do alisamento rápido. 

Texturizações e penteados

Se o big chop não for uma opção, as texturizações podem ajudar a passar pela fase das duas texturas. Enquanto o cabelo natural cresce, algumas técnicas (como o uso de bobs e canudos) são maneiras de “disfarçar” a diferença entre o cabelo novo e o já alisado. Penteados também podem estilizar o visual e colaborar para a autoestima nesse momento.

Produtos específicos para transição capilar

Chegou o momento de cuidar dos fios de maneira personalizada. A escolha de produtos específicos para esse momento é muito importante, já que age nas necessidades de cada curvatura. Além disso, também é importante manter um cronograma capilar e o uso de produtos da mesma linha, garantindo a saúde do cabelo.

Uma boa opção é a linha Black Mult Cachos da Mutari. Desenvolvida para todas as curvaturas (do ondulado ao black power), a linha da Mutari é adequada para todas as transições, já que tem tecnologia Low e No Poo, com proteção térmica e solar e reposição de nutrientes perdidos. 

Os produtos, com ativos de alta tecnologia e nutrição intensiva, promovem emoliência nos cabelos e formam uma película protetora nos cachos, impedindo o ressecamento e o frizz. A linha conta com Co-Wash Condicionador de Limpeza, Shampoo para Cachos, Condicionador para Cachos, Ativador de Cachos e Manteiga de Pequi. O uso da linha modela os fios, define, reduz frizz, hidrata e produz brilho. Conheça aqui!

Passar por uma transição capilar requer paciência, cuidados especiais e produtos específicos para essa fase da vida. A Mutari está com você nessa! Pode contar com nossas linhas e dar aos seus fios o melhor resultado possível.

Deixe uma resposta